DIA DOS NAMORADOS MACABRO, (1981) PROJETO GRINDHOUSE




O filme canadense, My Bloody Valentine é um dos slashers mais adorados pelos fãs de horror pelo o mundo afora, acho que devido ao seu humor pateta e as cenas de terror não tão sangrentas e gore mas que são muito bem construídas e assustadoras.
O filme é um slasher movie nato, com todas as características e esteriótipos do gênero. Uma pequena cidade litorânea canadense Valentine Bluffs - que possui uma mina que é a fonte de renda de quase todos os jovens que lá residem e que já ultrapassa gerações - vive assombrada com uma lenda urbana. Um acidente acontece na mina soterrando todos os trabalhadores, mas como era dia dos namorados, a população da pequena cidade estavam comemorando num tradicional baile e os mineiros não recebem ajuda e ficam presos durante vários dias, quando o resgate chega eles encontram apenas um mineiro, que sobreviveu se alimentando dos colegas mortos. Então, uma lenda urbana é criada, o mineiro sobrevivente Harry Warden jurou que mataria a todos da cidade que comemorasse o dia dos namorados novamente.


O filme possui a ingenuidade do tipo, sendo bastante previsível, mas não menos assustador. As atuações são caricatas mas combinam muito bem com a atmosfera inocente do filme, respeitando o espaço fílmico proposto pelo o cineasta George Mihalka, divertindo e assustando como só a um bom slasher consegue fazer. As cenas de perseguição e morte dos adolescentes desavisados são baseadas em truques de choque, são brutais com pitadas de gore e edição rápida, com movimentos de câmera que mantém estas cenas escuras, despertando nossos sentidos.
A equipe do departamento de efeitos especiais deste filme, liderado pelo então promissor maquiador que mais tarde iria se tornar um dos grandes maquiadores de efeitos especiais de hollywood, Ken Dias, comanda o show de horrores e bizarrices geniais deste filme. Como o coração dentro da caixa de bombons, as cenas de mortes e todos os efeitos práticos.
O assassino serial também está fenomenal, seu figurino é ímpar. Ele usa a roupa de trabalho dos mineiros que consiste num macacão sujo e uma mascara de oxigênio, que lembra muito as máscaras de proteção contra agentes químicos usadas por soldados na segunda guerra mundial. Usando uma picareta como arma, ele aterroriza suas vítimas, brincando com elas num jogo sádico de perseguição e morte. Portanto, para aqueles que buscam emoções fortes e diversão despretensiosa, um excelente filme para se ver no dia dos namorados!
Nome Original: My Bloody Valentine
Direção: George Mihalka
País: Estados Unidos
Ano: 1970

Trailer Original de Cinema:


Share on Google Plus

About leandro godoy

Sou o criador, editor chefe e escritor do site Cinema e Fúria. Gosto dos mais malucos exploitations, aos cultuados filmes de arte até ao mainstream do cinemão pipoca. Meus outros interesses são: odontologia, literatura e música.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário